A Professora

prof

Meu nome é Lucia Regina Cangussu da Silva, mineira quase baiana, bióloga, amante da vida, da família, dos amigos, da natureza e da ciência. Sempre adorei estudar e ensinar. Faço isso desde que me entendo por gente! Faço parte do grande grupo dos “nerds”! Já na graduação na UFMG me apaixonei pelo mundo microbiano logo na primeira aula com as Professoras Betinha e Patrícia. Foi realmente um amor à primeira vista e fico sempre me perguntando o motivo, já que os microrganismos nem sempre são tão bons, bonitos e gostosos como se esperaria! Talvez seja porque, como a maioria dos microrganismos, posso quase ser medida em micrômetros. Este mundo invisível sempre me fascinou e não canso de estudá-lo. Tornei-me o que o meu caro professor Humberto Carvalho condenava… estudante profissional! Lamento, Mestre!

Após a licenciatura, fiz bacharelado em Microbiologia geral na própria UFMG. Adoro as plantas e resolvi por este motivo especial estudar a microbiologia voltada para a área ambiental. Fiz mestrado na Universidade Federal de Lavras em Solos e Nutrição de Plantas, sob a orientação do querido professor José Oswaldo Siqueira, para estudar a relação dos microrganismos com as plantas cultivadas. Quando conclui o mestrado fui para o Instituto Agronômico de Campinas onde fiz grandes amigos e me diverti como nunca com a microbiologia de solos! Bons tempos aqueles!

Casei-me com um homem de coração gentil, que encheu a minha vida de amor e que eu conheci em um daqueles dias em que se está saindo de uma aula chata e um colega de sala lhe oferece uma carona. Mudei-me para Juiz de Fora, Minas Gerais, tive dois lindos filhos e comecei a lecionar Biologia, já que por aqui ninguém parecia estar muito disposto a plantar nada… ou quase nada. Então, o jeito foi buscar a tão amada microbiologia de outra forma!

Fui selecionada para lecionar em uma Universidade particular da região e a partir daí acabei lecionando diversas matérias biológicas em vários cursos da área da saúde, mas nunca perdi meu amor incondicional pela Microbiologia. Lecionei Microbiologia Básica; Microbiologia de Alimentos; Microbiologia, Higiene e Controle de Alimentos; Microbiologia Veterinária, Mecanismos Microbianos de Patogenicidade, Vigilância Sanitária de Alimentos, Biossegurança… Foram tantas e tantas “micros” cultivando todos os tipos de materiais, analisando água, alimentos artesanais e industrializados, material clínico de animais e humano e a cada dia revelando este mundo invisível para mais um grupo de jovens de olhos atentos que se impressionavam com um mundo nunca antes visto!

Após pedidos insistentes dos meus alunos da enfermagem, acabei fazendo uma especialização na UFJF em Parasitologia, Microbiologia e Imunologia e me tornando também professora de Imunologia e,  por mais estranho que possa parecer, foi quando descobrí que saber microbiologia era só metade da história. Foi a partir daí que adquirí uma nova e ampla compreensão das relações dos microrganismos com seus hospedeiros e como esta interação afeta o desfecho dos processos infecciosos.

Organizei simpósios, feiras, exposições, excursões, grupos de estudos… Ministrei cursos, mini-cursos, cursos de pós-graduação e variadas palestras ao longo desses anos. Workaholic? Muito provavelmente! Mas certamente uma microbiologista amante do ensino e do aprendizado desta ciência, cujos olhos brilham a cada nova descoberta!

Continuo lecionando, mas resolvi reduzir o ritmo de aulas para me dedicar a construir este novo sonho microbiológico (quem me conhece sabe que não poderia ser diferente!): um site de microbiologia! Fui convencida por um grande amigo meu de que a água é a coisa mais interessante deste mundo e que eu deveria dedicar tempo e esforço e direcionar tudo o que já havia aprendido de microbiologia para a “Microbiologia  das Águas”. Digo águas porque existem Águas e Águas neste mundo! Venho nesta empreitada há algum tempo e estou cada vez mais certa de que tudo que nós, brasileiros, pudermos aprender sobre a água nos ajudará a preservar a qualidade de nossos recursos hídricos esgotáveis, a fazer o uso consciente da água que consumimos e a buscar novas soluções para a escassez hídrica como, por exemplo, o reuso da água.

O conhecimento do mundo microbiano é essencial para possamos compreender a composição das comunidades microbianas, como suas espécies interagem no ambiente aquático, como se comportam nas diferentes etapas do tratamento da água, como são afetadas por diferentes processos e produtos químicos, como sobrevivem e se adaptam aos reservatórios de água, aos sistemas de distribuição, aos nossos reservatórios domésticos, às piscinas, spas, ofuros, etc, escapando de todas as barreiras criadas pelo homem e causando infecções e surtos de elevadas proporções. Não é possível fornecer água segura para consumo ou recreação sem o conhecimento dos microrganismos que nela vivem ou podem viver.

Novas informações estarão sendo acrescentadas regularmente, pois este projeto está apenas começando. Fique de olho!

Seja bem vindo ao meu mundo microbiológico. Espero que você também venha a se tornar um apaixonado por estes microrganismos “que nem sempre são tão bons, bonitos e gostosos como se esperaria”!